Polêmica: a USP, o câncer e a cura.

Há semanas o mundo científico-informacional brasileiro, por conta o burburinho das redes sociais, vem sendo embaído por uma polêmica: “cientista brasileiro descobriu a ‘cura do câncer'”, diziam as notícias nos principais canais de informações e os muitos recortes de vídeos publicado em blogs, páginas de Facebook, etc.. À essa polêmica uniu-se a ajuizada opinião de muitas pessoas de respeito na área médica, como o Drauzio Varela e tantos outros pesquisadores da área de Oncologia, Química, etc.. Sem esquecer, as muitas pessoas condenando a Anvisa por não já ter liberado a distribuição do tal “remédio milagroso”. Diante disso, uma coisa ficou certa pra nós: onde há muitas vozes falando, veiculando informações, é impossível não haver também a propagação da desinformação gerando confusão, em vez de esclarecimentos.

Foi pensando no bem estar de nosso bom senso, em meio a tanto burburinho e polêmicas na internetesfera, que perguntarmos: até onde é verdade que o composto químico (sim, composto, e NÃO remédio como se tem veiculado por aí),  isolado em pesquisa, por um professor de Química — por um químico, que seja! — se constitui como a “cura do câncer”, coisa essa que diz respeito somente a área médica, medir, controlar e comprovar?

Após muito ler/ver/ouvir a respeito dessa polêmica , não tinha encontrado  algo mais simplesmente esclarecedor do que o vídeo desse professor. Confiram abaixo no vídeo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s