O fundamentalismo religioso e o declínio ocidental e brasileiro

Diálogos Políticos

Por Fábio de Oliveira Ribeiro

Abri o Facebook e tropecei em três notícias preocupantes:

Alabama City proposes ban on short, shorts and mini skirts

– ‘Girls Going For Night-Outs’ Is Against Indian Values, Says Minister For Culture Mahesh Sharma

Papa Francisco vira alvo dos fundamentalistas brasileiros

O fundamentalismo religioso deixou de ser um fenômeno islâmico e avança nos EUA, na Índia e no Brasil. Na Europa ele já é um fato consumado desde a criação do PEGIDA, movimento que ganhou até um verbete na Wikipedia: https://pt.wikipedia.org/wiki/PEGIDA.

Caminhamos rapidamente para uma nova Idade das Trevas? Onde quer que o fundamentalismo viceje não pode haver paz civil. Nos Estados em que os fundamentalistas conquistam o poder (vide o estrago que tem sido feito ao nosso país por pastores como Eduardo Cunha), as perseguições dominam a política interna e as guerras externas religiosas se tornam inevitáveis.

Edward Gibbon afirmou que

Ver o post original 540 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s